O Presente É Um Remix

OBS.: Esse post começou a ser escrito em novembro de 2011. Não tive tempo de terminá-lo. Algumas coisas relacionadas a ele surgiram nesse meio tempo e adicionei ao texto. Aproveitem.
 

No SWU 2011, a última noite foi do rock. Do alternativo Sonic Youth (que teve seu fim anunciado posteriormente) ao som pesado do Trash Metal do Megadeth. Mas a noite era do grunge e outras bandas que estouraram no começo dos anos 90. Na sequência final foram: Stone Temple Pilots, Alice In Chains e Faith No More. De bandas/ artistas que tem menos de dez anos de estrada nesse SWU que fizeram barulho estão apenas Black Eyed Peas e Kanye West.

Na abertura e no encerramento das Olimpíadas de Londres 2012, a maioria das bandas era de artistas que surgiram entre 1960 e 1990. Das bandas dos anos 2000, só Arctic Monkeys que tocou uma música própria.

O jornal britânico The Guardian sugeriu que os britânicos ainda estão presos nos anos 1990:

Nineties music seemed to eradicate what had come before byits freshness and its inclusivity. Grunge pushed past macho rock in search of a more feminine centre, while Britpop and hip-hop thrillingly revealed local scenes sub-cultures and . Pop fizzed with a luminous effervescence as it mixed with international club culture and postmodern lyrical conceits.

But in 2012, that doesn’t matter. As old music outsells new and bands who had one hit in 1992 re-form, we are living in an age not just of retromania but also collective gaslighting, where every pop culture memory is a good one.

Vivemos uma época estranha. A maioria das bandas novas só requentam estilos musicais das décadas passadas. Começou com os anos 1960, depois a influência veio dos anos 1970, 1980 e agora é a vez dos anos 1990. O problema não é ser influenciado por outros anos, mas não trazer verdadeiramente nada de novo. O último estilo musical a trazer algo de novo foi grunge, que agora volta a influenciar tudo, da música à moda (quem não percebeu a proliferação das camisas xadrez?).

Nos anos 1990, depois do grunge cair em decadência, quem surgiu foi o Britpop, com Oasis, Verve e Blur. Essas bandas bebiam tanto dos Beatles como das bandas inglesas dos anos 1980 – principalmente Joy Division e Smiths. Os irmãos Gallagher do Oasis disseram uma vez que das 100 melhores músicas do mundo, 99 eram dos Beatles, a única exceção era Wonderwall (do próprio Oasis).

O excelente blog Estalo disse em um post:

Se olharmos para as décadas passadas, cada uma tem sua característica marcante: os vestidos de bolinha dos anos 50, o hippie dos 70 e até o estilo bizarro dos 80 tem seu valor. A partir dos anos 90 parece que essa identidade foi se perdendo. Qual a característica marcante na moda, comportamento ou música dos anos 90? Não consigo dizer uma coisa forte… sei lá, a música eletrônica pode ser? E dos anos 2000? Menos ainda.

O post se referia à onda vintage, que é trazer de volta um estilo do passado aos dias de hoje – a palavra vintage vem de idade do vinho. De meados dos anos 1990 para cá, várias tendências do passado vem voltando, não só na música, mas na indústria de bens de consumo em geral. Um exemplo disso é a marca Adidas Originals, que traz ao presente estética de produtos lançados nos anos 1970 e 1980.

Modelos de tênis da Adidas Originals

A onda do vinil que ressurgiu  há pouco é mais um exemplo dessa onda vintage. Agora a moda é o revival das câmeras de filme.

Para a indústria essa volta ao passado é boa para os negócios porque não tem que gastar muito com pesquisas de novos designs. É só usar a estética de décadas passadas com ar mais jovial e lançar um produto com apelo vintage. Na indústria automobilística, os carros Mini Cooper, o VW New Beatle e o Fiat 500 são outros exemplos de produtos com estética do passado.

Na propaganda é a mesma coisa. A Axe relançou há pouco tempo o comercial Axe Elevador.

Até aplicativos de celular tem uma pegada vintage. O Instagram, um aplicativo fotográfico para iPhone que foi pensado como uma foto instantânea da Polaroid – “Insta” vem de Instant (instantâneo), e “gram” vem de Telegram (telegrama).

When we were kids we loved playing around with cameras — we loved how all the old Polaroid cameras marketed themselves as “instant” (something we take for granted today).

O Instagram tem uma série de filtros que pode deixar a foto com uma aparência de foto antiga.

Instagram

Alguns dos filtros do Instagram

Na segunda, dia 17/09, a Nestlé relançou seu chocolate líder de vendas durante os anos 1980, o Lollo. O chocolate foi descontinuado em 1992 em razão do alinhamento internacional da marca para a marca Milkybar, que não emplacou e ficou restrito a uma miniatura dentro da caixa de bombons da Nestlé

Lollo volta agora para as prateleiras de supermercado e mostra que isso tudo é uma tendência, não um modismo ou onda passageira.

A volta do Lollo

A volta do Lollo

Segundo especialistas, como vivemos em uma época em que tudo muda muito rapidamente, onde tudo é fragmentado, perdemos o referencial atual do que seguir. Então, surge o passado como um porto seguro.

No cinema o filme Meia Noite em Paris de Woody Allen, aborda esse culto ao passado. No filme, o protagonista é apaixonado pela Paris dos anos 1920. Na história, ele vai aos anos 1920 e conhece grandes escritores e pintores, além de uma mulher, que é apaixonada pela Belle Époque.

A moral do filme é que o passado soa melhor pois no presente temos pequenas desilusões e contratempos, enquanto que no passado sempre nos lembramos das boas coisas que aconteceram.

Mais aqui, aqui, aqui e aqui.

Anúncios

Sobre grcastanho

Fiz este blog para expor minhas idéias sobre os mais variados temas, mas principalmente Marketing, Política, Economia e Artes em geral.
Esse post foi publicado em GuiC e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s