Serra Mira Saúde; Dilma Fala dela Mesma e Coloca Lula Como Avalista

Hoje foi o primeiro horário político que vi – a propaganda eleitoral começou na terça.  A candidata do PT Dilma Rousseff fez um mini documentário, muito bem produzido, sobre sua biografia.

A candidata falou durante os dez minutos de programa sobre sua vida, desde quando nasceu em Uberlândia, passando por sua juventude, sua luta contra a Ditadura – ela não abordou como ela lutou contra o Regime Militar -, sua prisão política, a reconstrução da vida depois do período que passou presa no sul, e sua carreira política, desde secretária em Porto Alegre até agora.

Explorou ao extremo o lado emocional e o fato de estar com Lula. Do jeito que se coloca, fica claro, no que se apresenta para o eleitor, que a eleição de Dilma é o terceiro mandato de Lula.

O programa da candidata é muito bom, do ponto de vista de produção e no tom emocional. O programa de Dilma é melhor que muito filme nacional em termos técnicos, como fotografia, direção, e edição.

Mas faltaram as propostas. Até agora ela não falou a que veio, só mostrou quem foi, não o que quer. Não que ela esteja errada, pois seu maior trunfo é o Presidente da República. Colocá-la como administradora competente seria um erro, pois o PAC tem mais da metade das obras atrasadas.

Já Serra mostrou nos dois programas de hoje que seu foco principal será a saúde. Falou primeiro do combate à AIDS, depois do combate ao crack. Mas esse combate é contra o vício. Pela primeira vez vejo alguém colocar o crack como um problema de saúde pública, não de segurança pública, de polícia. Serra disse que montará clinicas de dependentes em todo o país, além de montar convênios com ongs e clínicas particulares.

A produção do programa é  boa, mas não no mesmo nível da candidata do PT. Em termos de conteúdo, ele mostrou mais em menos tempo. Apresentou especialistas, pessoas que eram viciadas em crack e foram ajudadas pela clínica de dependentes. Isso é o que se espera de um candidato a Presidente da República, mostrar propostas, não ficar apenas falando de outros e de seu passado. É importante mostrar quem é o candidato, no caso candidata, e quem são seus aliados – aqui só são mostrados alguns -, entretanto numa campanha como essa é preciso ter propostas.

Anúncios

Sobre grcastanho

Fiz este blog para expor minhas idéias sobre os mais variados temas, mas principalmente Marketing, Política, Economia e Artes em geral.
Esse post foi publicado em GuiC e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s