Os 3 Melhores Álbuns de 2009

Essa lista dos três melhores álbuns de 2009 é a primeira de uma série de 3 listas sobre o que de melhor ocorreu na música, cinema e marketing no ano. Em 2008 eu escrevi apenas sobre as ações de marketing daquele ano. Agora são 3. Lembrando: eu não sou músico, não sei tocar nenhum instrumento (aprendi na escola a tocar flauta, mas isso foi há muito tempo). Essa lista é apenas fruto da minha opinião. Não há primeiro, segundo ou terceiro lugar. São os três e ponto.

  • Phrazes For The Young – Julian Casablanca

Depois de dois anos sem lançar nada, os Strokes entraram 2009 com a promessa de entrarem em estúdio, e anunciaram que em junho de 2010 voltam a tocar ao vivo em um festival britânico. O vocalista da banda, Julian Casablanca aproveitou o intervalo e lançou o seu esperado disco de estréia, Phrazes for the Young com claras influências dos rock-pop dos anos 1980, com muitos sintetizadores e teclados. A melhor música do álbum é o primeiro single do álbum: 11th Dimension.

O álbum recebeu crítica positiva do semanário britânico New Musical Express, e foi escolhido pelo jornal The Guardian como o melhor álbum pop do ano.

  • Humbug – Arctic Monkeys

Humbug, terceiro álbum do Arctic Monkeys, foi gravado no deserto americano, na casa do líder da banda Queens of the Stone Age, Josh Homme. O álbum foi gravado depois do vocalista da banda, Alex Turner, lançar um projeto paralelo, o Last Shaddow Puppets – que foi feito com Miles Kane, da banda The Rascals.

Capa do álbum Humbug

O disco tem foi influenciado pela experiência de Turner no Last Shaddow Puppets, principalmente nas faixas My Propeller e Secret Door. Destaque para Dangerous AnimalsPretty Visitors. Leia aqui a resenha do álbum no Guardian.

  • Tonight: Franz Ferdinand – Franz Ferdinand

A banda escocesa Franz Ferdinand havia lançado apenas dois álbuns antes de 2009 – Franz Ferdinand em 2004 e You Could Have It So Much Better em 2005. Mas logo no início do ano eles lançaram o seu terceiro disco (ele seria lançado em 2008, mas os músicos preferiram trabalhar mais um ano nele). O disco é melhor que o segundo álbum da banda, entretanto não consegue superar o primeiro, de 2004, que contém o mega hit Take Me Out.

Capa do álbum Tonight: Franz Ferdinand

Tonight: Franz Ferdinand tem um baixo mais forte que os outros álbuns. Segundo o vocalista, Alex Kapranos, a influência do disco vem do heavy dub dos regueiros jamaicanos. A melhor música do álbum é Ulysses, com destaque para No You Girl. A revista Rolling Stone (americana) classificou o álbum como o 22º do ano, e a NME também fez boa crítica.

Anúncios

Sobre grcastanho

Fiz este blog para expor minhas idéias sobre os mais variados temas, mas principalmente Marketing, Política, Economia e Artes em geral.
Esse post foi publicado em GuiC e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s