A Guerra das Cervejas

Ambev (AB Inbev), Schincariol, Cervejaria Petrópolis e Femsa. Essas são as principais empresas cervejeiras do Brasil. A líder é a Ambev, que é dona das marcas Antarctica, Brahma, e Skol. É muito difícil competir contra a empresa, que surgiu da união da Brahma e Antarctica, pois ela concentra em suas mãos cerca de 70% do mercado de cervejas no país.

Na sexta, dia 13, a Femsa, dona da marca Kaiser, lançou uma campanha intitulada “O Teste das Cervejas”. Lançou um filme e um site, o testedascervejas.com.br. O Datafolha realizou uma pesquisa (auditada pela Ernst&Young) em nove capitais sobre qual a melhor cerveja para o entrevistado (2500 no total). A Kaiser ganhou com 20,1%, seguida da Skol (19,8%), Brahma (19,7%), Antarctica (19,4%), e Nova Schin (18,6%).

Como bem diz o vídeo, foi um empate técnico – não sei quanto é a margem de erro. A Ambev não gostou, e promete entrar na justiça e acionar o CONAR. A Ambev havia conseguido, antes da campanha entrar no ar, uma liminar que proibia a Femsa de divulgar os resultados de testes, mas a empresa de origem mexicana conseguiu reverter a situação, e cassou a liminar.

A Ação para a Kaiser não é nova. Há algum tempo a Femsa fez uma campanha de teste cego com dados de uma pesquisa encomendada pelo IBOPE, o Desafio Kaiser, que comprovava que os consumidores preferiram a Kaiser. Mas agora é diferente. A Kaiser ganhou, mas por uma diferença muito pequena, apenas 0,3% da Skol. E mesmo o site dessa campanha é confuso, só quem entende de pesquisa de marketing pode entender os dados.

A campanha prova que até agora ninguém conseguiu combater eficientemente a Ambev. Criada há dez anos, após a fusão da Companhia Antarctica Paulista com a Brahma, a Companhia de Bebidas das Américas (Ambev é a abreviação em inglês de American Beverage Company) domina o cenário de cervejas desde então, com suas três principais marcas Skol (líder de mercado), Brahma, e Antarctica.

Nenhuma empresa, até agora, conseguiu formular qualquer estratégia duradoura para conseguir tirar participação de qualquer marca da Ambev. Só a Nova Schin conseguiu por poucos meses subir para a terceira posição do ranking, entretanto isso foi em seu lançamento, e logo depois, ela caiu para quarto lugar, e não saiu de lá até agora.

Anúncios

Sobre grcastanho

Fiz este blog para expor minhas idéias sobre os mais variados temas, mas principalmente Marketing, Política, Economia e Artes em geral.
Esse post foi publicado em GuiC e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para A Guerra das Cervejas

  1. Pingback: Cerveja é Commodity « GuiC

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s