Defenda Seu País Com Nosso Caça Supersônico

Voo do 14 Bis em 1906

Voo do 14 Bis em 1906

Devido à corrida armamentista impetrada pelo presidente da Venezuela Hugo Chaves, que comprou vários aviões Sukoy (um dos melhores caças da atualidade), o Brasil em 2007 criou um novo programa, o FX2, para a compra de 36 caças de última geração, condicionando-se a venda à transferência de tecnologia para a compra dos caças. O programa é avaliado em cerca de US$ 3,6 Bi. Os finalistas são Dassault Rafale (França), Boeing F/A-18EF Super Hornet (EUA), e Saab Gripen NG (NG significa Next Generation) da Suécia, e há a previsão de que o vencedor da concorrência seja anunciado em setembro desse ano.

Ontem, na seção Internacional do Estado de São Paulo, a SAAB fez um anúncio de 1/4 de página. Nele, a empresa sueca ressalta que o todos os caças supersônicos são fabricados no hemisfério norte, e que todos eles são fabricados por empresas de países membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU. A única exceção é a sueca SAAB com o Gripen. E, caso a escolha seja o Gripen, essa é a chance de o Brasil ser o primeiro país do hemisfério sul a fabricar um caça supersônico. E termina com a assinatura: Gripen NG para o Brasil: a escolha pela independência. A SAAB também criou um site em português com várias informações e as razões que o Brasil deveria escolher o caça.

Reprodução do anúncio do Saab Gripen NG no jornal O Estado de S. Paulo do dia 19/09/2009

Reprodução do anúncio do Saab Gripen NG no jornal O Estado de S. Paulo do dia 19/09/2009

Interessante o movimento da empresa sueca. Eu achava que para esse tipo de mercado (militar) não havia propaganda direcionada ao grande público. Pensava que produtos desse mercado eram apenas promovidos em eventos como feiras de aviação, e por questões política.

Recentemente os EUA afirmaram que querem “ampliar” essa transferência. A SAAB agora promete transferir tecnologia, e, como diz o anúncio, “(o Brasil) fará parte de uma parceria industrial diferenciada que oferece acesso a todos os níveis tecnológicos do avião“. A França, que segundo especialistas, “transfere” mais que os outros, parece que é favorita no processo –  o Brasil comprou submarinos esse ano, além de assinar um acordo para fabricar o tal submarino nuclear (que esta em “construção” há décadas). E Lula prefere esse avião também por causa da tentativa do Brasil ser um novo membro permanente do Conselho de Segurança da ONU – embora Embraer e FAB serem contra. Não por acaso, esse é o ano da França no Brasil e o anúncio do vencedor pode “coincidir” com a visita de Sarkozy em setembro nas comemorações de 7 de setembro.

O Brasil quer que se transfira a tecnologia de produção das aeronaves (sic) – como se fossem passar tudo assim, só porque o Brasil esta pagando, e assim criando um concorrente para a venda de aviões. Independente de quem que seja o vencedor, é pouco provável que se tenha o controle de todo processo de fabricação do jato.

Demorou muito para renovar a frota de aviões supersônicos do Brasil. Agora Lula deveria considerar a possibilidade de se construir  porta-aviões (pois o que temos, o São Paulo, esta caindo aos pedaços) ao invés de se construir o tal submarino nuclear que vai demorar anos e anos para ser terminado.

Anúncios

Sobre grcastanho

Fiz este blog para expor minhas idéias sobre os mais variados temas, mas principalmente Marketing, Política, Economia e Artes em geral.
Esse post foi publicado em GuiC e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Defenda Seu País Com Nosso Caça Supersônico

  1. Paulo Emílio Menescal de Vasconcelos disse:

    No que diz respeito a parcerias internacionais, o Brasil sempre “quebrar a cara”, e o pior não aprende nunca. Foi assim com a China no episódio da soja, foi assim com a Bolívia no episódio da Petrobrás, vai ser assim com o Paraguai em relação à Itaipu Binacional, pois a Venezuela, que se diz nossa amiga, instiga estes países a “detonarem” o Brasil.
    Não vai ser diferente com a França. Na esperança da França apoiar o Brasil em suas pretensões em ter um assento permanente no Conselho de Segurança da ONU, está comprando o rejeito militar Francês por preços nababescos.
    Não é preciso ser nenhum gênio para saber que na hora “H” a França vai ficar em cima do muro, e o Brasil, como sempre, vai “quebrar a cara”.
    É evidente que a opção sueca é a melhor, pois é um projeto novo, em franca evolução que vai demandar novos conhecimentos neste processo evolutivo. Haverá maiores possibilidades de transferências tecnológicas por este simples fato.
    Sem dizer que recentemente dois Dassault Rafale, caíram no mar mediterrâneo sem que até agora se saiba os reais motivos deste incidente desastrado.
    Outro fato interessante, que na época das comemorações do dia da Independência em 2009, em que o Premier Sarkozy, esteve por estas paragens fazendo o maior merchandising da indústria bélica de seu país, foi divulgado na mídia nacional que a escolha técnica da Força Aérea Brasileira, teria sido o caça sueco, pois tinha a melhor relação custo/benefício. Não se fala mais no assunto, pois o que deveria ser uma escolha eminentemente técnica, no “frigir dos ovos”, vai ser uma escolha política.
    Além de todo o exposto, Senhores, o fabricante sueco comprometeu-se a entregar 2 (dois) aviões pelo preço do mais caro da concorrência. Ou seja, ventilaria a possibilidade de possuirmos 72 caças supersônicos a médio prazo.
    Sim, pois não basta apenas a qualidade. Tem que haver QUANTIDADE. É muita pretensão do Brasil querer ser superpotência militar, sendo detentor de míseros 36 caças supersônicos e nenhum submarino nuclear!!!
    Desculpando o jargão popular: “acorda Alice”!!!, 72 Gripens JÁ!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s