Cafu: O Garoto Propaganda

O capitão do pentacampeonato Cafu é o novo padrinho da Copa das Nações Danone, mundial sub-12 com a chancela da Fifa, que começou no ano 2000, na França. A fase final da competição será realizada no Brasil. A escolha de Cafu se deu porque ele é reconhecido nacionalmente e internacionalmente. Em outro anos, os escolhidos para padrinho da competição foram Marcos (Goleiro pentacampeão e campeão da Libertadores pelo Palmeiras), e Raí e Leonardo (ambos ex-jogadores do São Paulo que foram parte integrante da equipe que ganhou o tetra nos EUA).

cafu

Cafu beijando a taça do Penta

Cafu é um dos poucos exemplos de “bons moços” no nosso futebol. Não tem nenhuma mancha em seu currículo como jogador, nem os outros citados: Marcos, Raí e Leonardo. Portanto sua escolha foi acertada, se ele não tivesse protagonizado outros comerciais. O ex-capitão da seleção foi personagem de dois comerciais da Brahma.

O primeiro estimula o consumo responsável. O comercial foi gravado no Estádio Municipal de SP (Pacaembu). Nele, o atleta fala no começo: “brahmeiro é como todo brasileiro: batalhador, guerreiro e responsável“. E termina com: “Se você não sabe beber, em vez de tomar Brahma, tome juízo“. Até ai tudo bem, Cafu é um exemplo para nossa sociedade, criou uma Fundação com seu nome, pede que se tenha cuidado com a bebida. O comercial soa como de utilidade pública

O problema foi o segundo filme. Nele o jogador apenas promove a cerveja, não há nenhuma citação à responsabilidade (por parte do jogador). Mas não se pode juntar à uma campanha que promove um campeonato para crianças com um jogador que é garoto propaganda da Brahma. Entretanto, a Ambev e Cafu não tem nada com isso. Não sou desses falsos moralistas que acham que jogador de futebol não pode fazer comercial de cerveja, apenas com produtos que tenham ligação à uma vida saudável.

O erro foi da Danone em misturar a figura de um atleta que esta associado à uma cerveja, com uma copa infantil. A empresa deveria repensar também o embaixador mundial da competição, o francês Zinédine Zidane, que foi protagonista de belas cenas na final do mundial de 2006 na Alemanha, uma grande lição de como se comportar em uma competição esportiva – que até hoje não tem nenhum arrependimento.

Anúncios

Sobre grcastanho

Fiz este blog para expor minhas idéias sobre os mais variados temas, mas principalmente Marketing, Política, Economia e Artes em geral.
Esse post foi publicado em GuiC e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Cafu: O Garoto Propaganda

  1. beatriz disse:

    oiie tiio cafuu sou euu biia quantoo tempoo ñ te vejo em? bjoos,manda outro pro padrinho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s